Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Junho Reajuste na tarifa do transporte intermunicipal fica para 2021
25/06/2020 - 21h24m

Reajuste na tarifa do transporte intermunicipal fica para 2021

A ação beneficia quase 3 milhões de usuários por mês

Reajuste na tarifa do transporte intermunicipal fica para 2021

Addison Couto e Patrícia Mendonça

O conselho executivo da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal), formado pelo diretor-presidente, Ronaldo Medeiros, e as diretoras Camilla Ferraz, Eulalia Moraes e Patrícia Medeiros, aprovou por unanimidade de votos, em reunião ordinária do Colegiado realizada por videoconferência nesta quinta-feira, 25, uma série de medidas que irão beneficiar os mais de 1.300 empresários do Sistema de Transporte Rodoviário Intermunicipal de Passageiros do Estado nas categorias complementar e convencional.

 

Com a aprovação da minuta de resolução, que deve ser publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira, 26, a Arsal suspendeu o reajuste na tarifa do transporte rodoviário que por lei deveria ser realizado ainda este ano, mas com o cenário atual a revisão foi prorrogada para 2021; Outra medida foi a suspensão dos prazos recursais para apresentação de defesa prévia, recursos e pedidos de reconsideração aos autos de infração vencidos a partir de 23 de março deste ano, e outros que vencerão partir da data de publicação desta Resolução, até o dia 31 de julho de 2020; prorroga também a vida útil dos veículos que compõe o Sistema de Transporte complementar pelo prazo de 180 dias, contados a partir da data de publicação do documento.

pt

Além da prorrogação por 3 meses, da obrigatoriedade para a troca da faixa antiga pelo novo layout do transporte intermunicipal. A renovação dos contratos de permissão concedidos nas licitações Angesp n° 009/2009 e Arsal n° 001/2013, também foi prorrogada para até o dia 30 de dezembro deste ano, e, por fim, suspende pelo período em que perdurar as medidas de restrições no Estado o prazo de validade das autorizações provisórias concedidas para operação do serviço complementar de transporte.

 

Para o diretor-presidente da Nova Arsal, a ação faz parte do pacote de medidas de enfrentamento ao novo coronavírus que vinham sendo analisadas pelo governo e Arsal. "A decisão foi tomada pensando principalmente nas famílias e na economia que vivemos. Após algumas reuniões com o governador, — que sempre se mostrou preocupado com a classe —, e a categoria por meio do sindicato dos transportadores complementares (Sintracomp/AL), aprovamos, hoje, mais estes benefícios.

 

Mais ações

Desde o 1º decreto que proíbe o transporte de passageiros a nível intermunicipal — 19 de maio — , a Arsal tem se reunido com lideranças da categoria e ouvido às reivindicações. De início, foram doadas pelo Governo de Alagoas à pedido da Agência, cerca de 5 mil cestas básicas, em dois meses, para às famílias desses trabalhadores. 

 

Outro pedido da classe é a linha de crédito que a Arsal conseguiu, por meio da Desenvolve Alagoas, com juros baixíssimos para os permissionários do transporte complementar. O valor disponível é de R$ 5 a 10 mil, para empréstimos individuais e em grupo, e a carência é de seis meses; a partir de 1º de julho o financiamento já estará disponível.

Ações do documento
Logomarca
Configuracoes do Tema Fabrica

fale_conosco

chat online

cursos

consulta_de_processos.jpg

Portal da Trnasparência

banner-newsletter-arsal.png

requerimentos-transporte.jpg

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

null

169bannerdados.png