Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 Maio Paixão pela gestão pública e amor pela maternidade
09/05/2020 - 21h55m

Paixão pela gestão pública e amor pela maternidade

Servidoras da Arsal contam as suas experiências de vida

Paixão pela gestão pública e amor pela maternidade

Ilustração. (Arquivo: Google)

Mical Rocha

As diversas atividades diárias são uma realidade na vida de muitas mulheres na Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal). Todos os dias, elas se dividem entre a vida profissional e o amor pela maternidade. São mulheres do século 21, empoderadas e que não abrem mão de fazer a diferença na prestação do serviço de qualidade aos usuários das áreas reguladas pela Agência.

Com histórias fortes, servidoras públicas, em comemoração a este Dia das Mães, contam um pouco das suas emocionantes trajetórias.

Yara Maria Pires, 63, atua no setor de Recursos Humanos (RH) da Agência, mãe de dois filhos — Fabrício Pires 37, e Juliana Maria 33 — contou, sobre o desafio quando descobriu o diagnóstico de autismo do filho mais velho, o Fabrício. Desde então, a mãe tem encarado com muito amor, dedicação, fé e esperança.

yara


“Comecei a perceber o comportamento do meu filho, que era bem diferente das outras crianças. Procurei um especialista e além do autismo, outras patologias foram descobertas.

 Mas, isto nunca foi um problema na minha vida profissional, pelo contrário o meu trabalho foi uma válvula de escape onde eu recupero as minhas forças para continuar lutando”, falou a servidora emocionada.

Na Gerência de Energia Elétrica, de 2002 a 2018, Yara ocupou vários cargos entre eles, o setor  Financeiro do Convênio entre a Arsal e a Aneel, chegando mas tarde a assumir a função de Gerente entre 2015 e 2018, a servidora também foi responsável pelo setor Administrativo.

Paloma Torjal, 40, advogada, responsável pelo setor de Compras, está grávida de 7 meses. Recentemente afastada dos serviços na sede da Agência, devido ao novo coronavírus, a servidora descreve a maternidade como uma superação às tristes experiências que viveu como a morte de sua mãe — que foi diagnosticada com câncer—, e a perda do seu primeiro filho aos 21 dias de nascido.

zpaloma

“Quando eu estava com 7 meses da minha primeira gestação, fui acometida com a pré-eclâmpsia, e meu filho teve que nascer antes do tempo, pois se continuasse poderíamos ir à óbito.

Senti aflição, incertezas, dor e principalmente medo de ter outra perda, pois já havia perdido a minha mãe. Infelizmente meu primeiro filho veio à falecer, mas hoje sinto grande alegria em estar grávida novamente.

O sentimento de amor que uma mãe tem é tão grande e extraordinário que ultrapassa tudo é um amor que vai além dessa vida”, pontuou a servidora que já trabalha há cerca de 4 anos na Agência.

 

 

 

 


Para Fernanda Gomes, 33, formada em fisioterapia, e com cerca de 14 anos de serviços prestados à Arsal, conta que sempre sonhou com a maternidade, no entanto não conseguia engravidar. Só depois de tratamentos médicos pôde alcançar o sonho de ser mãe da Júlia, hoje com 9 meses de vida.

fernandaFernanda conta que a filha é uma criança saudável, sorridente mas que nem sempre foi assim. Aos 2 meses de vida da Júlia, e após várias idas e vindas a médicos e especialistas veio o diagnóstico: Alergia à Proteína do Leite da Vaca (APLV). “Fui várias vezes a médicos. Precisei começar um tratamento. Como mãe, precisava amamentar a minha filha mas devido a toda esta situação só pude amamentá-la até os 4 meses, porquê tudo que eu comia Júlia ingeria através da amamentação.

Foi necessária uma dieta e uma rotina de renúncia diária pela saúde da minha pequena”, lembrou Fernanda, que atualmente trabalha no setor administrativo.

Dedicação aos serviços públicos

Para o diretor-presidente da Agência, Ronaldo Medeiros, as mulheres são fundamentais ao compor o corpo técnico das áreas reguladas, pelas diversas formações, especialidade e características como força, criatividade e comprometimento.

“Neste Dia das Mães, quero parabenizar à todas às mães, em especial, às servidoras da Nova Arsal, que se dedicam diariamente para oferecer um serviço de qualidade à sociedade. Vocês merecem ser aplaudidas de pé”, completou o presidente.

Ações do documento
Logomarca
Configuracoes do Tema Fabrica

fale_conosco

chat online

consulta_de_processos.jpg

Portal da Trnasparência

banner-newsletter-arsal.png

requerimentos-transporte.jpg

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

null

169bannerdados.png